terça-feira, 15 de março de 2016

PARA NÃO ESQUECERMOS (002): DELEGADA DA LAVA-JATO REPRESENTOU CONTRA MINISTRO DA ?JUSTIÇA?.

A delegada Erika: representação contra novo ministro

Uma das signatárias da representação contra o novo ministro da Justiça, Eugenio Aragão, em 2005 por supostamente tentar obstruir as investigações sobre o mensalão no exterior foi a delegada da Polícia Federal Erika Marena, que hoje integra a força-tarefa da Lava-Jato.
Ela assinou a queixa contra o então procurador da República juntamente com o delgado Luís Flávio Zampronha, que investigou o mensalão.
Os dois acusaram o novo ministro de Dilma Rousseff de agir em concluiu com o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos) do Ministério da Justiça para criar obstáculos no acesso da PF a documentos sobre movimentação de contas de Duda Mendonça fora do país.
O caso foi levado ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP - o mesmo que interferiu no processo do MP-SP sobre o caso Bancoop/Triplex), mas foi arquivado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário