quarta-feira, 11 de maio de 2016

Gemini da Petrobras com White Martins deve levar Dilma, “a honesta em queda", para a Lava Jato!

Alerta Total

Dia D (de derrota) para Dilma. A previsão é que admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff passe por um mínimo de 54 e um máximo de 56 votos. Os governistas asseguram ter 22 votos - insuficientes para salvar a Presidenta do afastamento. No julgamento final, daqui a alguns meses, serão necessários 54 votos para cassação definitiva do mandato. Assim que Michel Temer assumir a Presidência, tende a crescer a adesão contra Dilma.

Em queda programada e partindo para um ridículo "desgoverno paralelo", viajando pelo Brasil e pelo exterior, Dilma tem tudo para virar alvo da Lava Jato, junta e misturada com o companheiro Lula. Sem o cargo, também pode se tornar ré na ação movida por investidores contra a Petrobras nos EUA. A valentia verbal dela não combina com seu real estágio psicológico de ódio e desespero. Embora se sinta traída, Dilma sofre porque não tem condições de vingança.

O Alerta Total já antecipou como Dilma pode se ferrar muito além do mero "golpe do impeachment". Na matéria da última segunda feira (09), “Gleisi está indo, Humberto Costa aguarda a vez, Lula e Dilma também são cotados para entrar na Lava Jato”, o Alerta Total publicou que – diante do fato de ter o seu envolvimento com o senador Humberto Costa (PT-PE) sido citada pelos delatores premiados Paulo Roberto Costa e Delcídio Amaral – a White Martins dificilmente deixará de ser investigada pela força tarefa da Lava Jato. (continua)

Nenhum comentário:

Postar um comentário