terça-feira, 16 de agosto de 2016

DILMA USOU CAMPANHA ELEITORAL PARA FICAR MULTIMILIONÁRIA


Vagabundskaya $ovietka usou a campanha eleitoral para ROUBAR PARA SI 133 MILHÕES DE REAIS. Em nenhum país do mundo uma campanha de um candidato custará mais de 300 milhões de reais. Valor para se montar 03 empresas aéreas de porte médio com aeronaves alugadas e alguns usadas próprias.

E a vagabunskaya continua posando friamente com indiferença sem piedade do povo brasileiro e ainda pede piedade do povo atingido para ser perpetuada no poder para implantar o comunismo obedecendo a Fidel Castro e aos donos ocultos da Internacional Cú-munista.


Esquema se repetiu na campanha de Dilma


A Lava Jato já descobriu que a Andrade Gutierrez pagou R$ 15 milhões para o Vox Populi fazer pesquisas para a campanha de Dilma Rousseff. Na contabilidade oficial, o instituto recebeu apenas R$ 1,4 milhão.
O Vox está entre os 11 maiores fornecedores da campanha de Dilma que não possuíam funcionários registrados em 2014.
Revejam o post, por favor.

Exclusivo: Dilma repassou R$ 133 milhões a empresas sem funcionários

Brasil  16:51
O TSE descobriu que a campanha de Dilma Rousseff repassou R$ 133 milhões a 43 empresas que não possuíam sequer um funcionário registrado em 2014.
Desse grupo, 11 fornecedores concentraram 95% dos repasses – ou R$ 126 milhões.
O levantamento, obtido com exclusividade por O Antagonista, foi feito com base na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho.
Significa que, ou a empresa deixou de declarar seus funcionários para sonegar impostos, ou eram apenas "fachada" para lavagem de dinheiro.
O valor obtido por esses 11 maiores fornecedores corresponde a mais de um terço do total de R$ 350 milhões gastos na campanha petista, oficialmente.
Integram essa lista VTPB, Rede Seg, DCO e Door2Door, já denunciadas aqui. São empresas que, formalmente, não tinham capacidade operacional para entregar os produtos contratados.
saiba tudo aqui
ISLAMTROBRAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário