sexta-feira, 17 de março de 2017

CARNE PODRE: PMDB LUCRAVA COM DISTRIBUIÇÃO DE CARNE PODRE!

BRASILEIROS!
APRENDAM!

O PMDB NÃO É UM PARTIDO POLÍTICO.

O PMDB É A MAÇONARIA "ALVENEIRA"
QUE TOMOU O BRASIL APÓS
A TOMADA DA MONARQUIA
PELA MAÇONARIA CARBONÁRIA.

AGORA VOCÊS ENTENDEM
PORQUE A MAÇONARIA QUE
CONTROLA ESSES MOVIMENTOS
ODEIAM OS INTERVENCIONISTAS?

INTERVENÇÃO MILITAR JÁ!!

OSMAR SERRAGLIO DEFENDEU LÍDER DA 'CARNE PODRE: 
Daniel Gonçalves Filho, líder da organização criminosa que envenenava brasileiros com carne podre, ficou à frente da Superintendência de Fiscalização do MAPA no Paraná de 2007 a 2014, quando foi demitido pelo então ministro Antônio Andrade, do PMDB de Minas Gerais. Osmar Serraglio tentou impedir a demissão do apadrinhado -- reuniu membros da bancada do PMDB do Paraná e pediu uma audiência com o ministro. Serraglio fez uma defesa veemente de Daniel, mas Antônio Andrade manteve sua decisão. Quando a poeira baixou, Serraglio conseguiu emplacar novamente Daniel no comando da SFA/PR em 2015, já na gestão de Kátia Abreu. A situação do ministro da Justiça, depois da operação de hoje, é insustentável.

A PALAVRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL!
"Se havia alguma dúvida de que o ministro Osmar Serraglio, ao assumir o cargo, interferiria de alguma forma na autonomia do trabalho da Polícia Federal, esse é um exemplo cabal que fala por si só. O ministro soube hoje, como um cidadão igual a todos, que teve seu nome citado em uma investigação. A conclusão tanto pelo Ministério Público Federal quanto pelo juiz federal é a de que não há qualquer indício de ilegalidade nessa conversa degravada."

MAPEANDO A QUADRILHA.


PALAVRA (SINCERA?) DO C.N.A.
"A CNA considera lamentável a denúncia de que alguns dos principais frigoríficos do país, com o apoio de uma rede de fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura, estariam envolvidos num esquema de venda ilegal de carnes ao consumidor. As investigações fazem parte da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira, 17 de março.
Como representante dos produtores rurais, a CNA defende que os fatos envolvendo frigoríficos e fiscais agropecuários sejam apurados com rigor. E que, uma vez comprovados, possam levar à punição exemplar dos envolvidos.
Os produtores rurais têm dado uma grande contribuição ao desenvolvimento nacional. Geram emprego, renda e alimentos de qualidade para a população. Portanto, não é justo que tenham a sua imagem maculada pela ação irresponsável e criminosa de alguns."

NOTA DE BLARIO MAGGI
(vai sobrar para ele também?)
"Bom dia, diante dos fatos narrados na Operação Carne Fraca, cuja investigação começou há mais de dois anos, decidi cancelar minha licença de 10 dias do MAPA. O que as apurações da Polícia Federal indicam é um crime contra a população brasileira, que merece ser punido com todo o rigor.
Neste momento, toda a atenção é necessária para separarmos o joio do trigo. Muitas ações já foram implementadas para corrigir distorções e combater a corrupção e os desvios de conduta, e novas medidas serão tomadas. Estou coordenando as ações, já determinei o afastamento imediato de todos os envolvidos, e a instauração de procedimentos administrativos. Todo apoio será dado à PF nas apurações. Minha determinação é tolerância zero com atos irregulares no MAPA."

A LÍNGUA! DIZ:
Que venha o PRIMEIRO de MUITOS "EMBARGOS"
econômicos para quebrar a maçonaria alveneira
vagabunda, súcia de rabo sujo de "boda" no cio
para que não ganhem mais força financeira e política na história moderna e futura do Brasil.

AGORA O POVO ESTÁ SENTINDO NO ESTÔMAGO
A RAZÃO DE NÓS DEFENDERMOS
A
INTERVENÇÃO MILITAR!

Nenhum comentário:

Postar um comentário