terça-feira, 21 de março de 2017

TEMER LADRÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO

O web site inimigo "Esquerda Valente" acabou fazendo um serviço que podia ser estendido para todos os políticos de todos os partidos, ao começar pelo PCdoB e o PT. Quem edita o web site ou alguém vinculado levantou dados sobre o nome de Michel Temer como servidor do Estado de São Paulo e pasmem! A denúncia do web site inimigo é verdadeira... bem... Temer também é nosso inimigo, ele apenas costurou um TEATRO para tirar a VAGABUNDILMA porque o povo começava a CLAMAR PELA INTERVENÇÃO MILITAR. Tanto é que Dilma continua RECEBENDO SALÁRIO DE PRESIDENTE e NÃO TEVE os DIREITOS POLÍTICOS cassados. 


Temer trabalhou apenas 1 ano como Procurador do Estado nível V (5 em algarismo romano) e fatura 22.109,44 (VINTE E DOIS MIL, CENTO E NOVE REAIS E QUARENTA E QUATRO CENTAVOS) LÍQUIDOS!

Este editor pesquisou no web site do Portal Transparência do Estado de São Paulo e detectou por si que a denúncia do web site vermelho era real... só gostaria que o web site revelasse os podres dos deles e dos demais. Mas eles não farão isso. O link para vocês brincarem de "O$ Caça-Fanta$ma$" é este:

Após um ano, Temer exonerou-se para disputar eleição a deputado federal constituinte para vir com tudo e SUBMETER O BRASIL À SUBSERVIÊNCIA COMUNISTA, ao IMUNDECER A CONSTITUIÇÃO SOCIALISTA COM A OBRIGATORIEDADE DO BRASIL LIDERAR (E PAGAR AS CUSTAS) DA UNIÃO DAS REPÚBLICAS LATINO-AMERICANAS (UNASUL) PARA FORMAR UMA GRANDE NAÇÃO (PÁTRIA GRANDE) DE NAÇÕES LATINOAMERICANAS. UM TREMENDO FILHO DA PUTA. ALI MERECIA OCORRER UMA NOVA INTERVENÇÃO MILITAR.

É justamente ESSAS APOSENTADORIAS INJUSTAS, SARCÁSTICAS que pesam sobre a população enganada, escravizada por esses altos maçons que têm todas as conexões para lhes recompensar por todas as costuras de leis imorais para perverterem e escravizarem a nação a favor da Nova Desordem Mundião, o plano de construção do reino de dominação de satanás para suplantar a ligação dos homens com Deus o Cristianismo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário